quinta-feira, 24 de junho de 2021

Suspeitos de matar eletricista dentro de carro da Celpe são presos

 

Dois suspeitos de assassinar o eletricista da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) Ejanilson Severino Batista, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, em 7 de junho, foram presos pela Polícia Civil de Pernambuco.

De acordo com informações da corporação divulgadas nesta quarta-feira (23), a Operação Nobreak resultou na prisão de dois suspeitos apontado como envolvidos no homicídio de Ejanilson e na tentativa de homicídio de Wellington José Cardoso, também funcionário da Celpe, que estava no local.

O crime ocorreu na rua 8 de Maio, no bairro Chã de Tábua, em São Lourenço da Mata, no último dia 7. Segundo informações iniciais, Ejanilson foi executado dentro do carro da Celpe, enquanto se dirigia para a realização de uma inspeção, procedimento de fiscalização de medidores de energia, gasto de energia das residências e funcionamento das redes elétricas.

Os suspeitos pararam ao lado do veículo da companhia e efetuaram diversos disparos. Ejanilson morreu no local e Wellington foi socorrido.

Em parceria com Disque-Denúncia, a Celpe ofereceu uma recompensa de até R$ 100 mil para quem fornecer informações sobre identificação dos suspeitos de cometerem os crimes.

A polícia começou a investigação no dia em que aconteceu o crime. Fomos buscando informações no local do crime e com a vítima sobrevivente, no hospital. Começamos a ligar os pontos e conseguimos deflagrar a operação para prender os dois criminosos que cometeram o crime“, explicou a delegada Thayná Fioresi, adjunta da 10ª Delegacia de Homicídios.

A delegada informou que as investigações identificaram detalhes de como ocorreu o crime. Segundo a polícia, os suspeitos são proprietários de restaurantes. Os medidores de energia elétrica dos estabelecimentos apresentavam irregularidades, segundo perícia feita pela Celpe.

As duas vítimas são responsáveis por fazer inspeção de irregularidades de adulteração de medidores. Quando saíram do almoço e iriam fazer uma outra inspeção ocorreu o crime“, acrescentou. “Acreditamos que tem mais duas pessoas envolvidas nos crimes, as investigações continuam“, finalizou Thayná.

O superintendente de operações da Celpe, Evandro Simões, informou que medidores do local onde ocorreu o crime foram encaminhados para perícia.

Todos os medidores foram encaminhados para um laborotário técnico e foram detectados que estavam avariados com indícios de algumas fraudes“, explicou Evandro.

Muito importante a polícia avançar tão rapidamente num caso tão complexo“, acrescentou o superintendente.

PE-275 começa a ser recuperada entre Ambó e divisa com Teixeira-PB

Fotos: Nildo da Lotação

 Principal ligação entre as regiões do Vale do Pajeú e o Sertão Paraibano começou a ser recuperada do lado de Pernambuco, no trecho entre a comunidade do Ambó e a divisa com a Paraíba na altura de Teixeira, passando por Brejinho e Placa de Piedade. 

A obra de recuperação da rodovia iniciou-se pelo entroncamento da PE-280 em Sertânia, chegando a Tuparetama.

Segundo o Blog do Marcello Patriota, os trabalhos no trecho entre o Ambó e a divisa com a Paraíba começaram na segunda (21), e já avançaram por 3 KM. O valor total da obra é de pouco mais de R$ 56 milhões, e consiste na recuperação total da camada asfalto, nova sinalização e melhoramento de pontes. 

A obra faz parte do programa Caminhos de Pernambuco do Governo do Estado. A Empresa que venceu a licitação e está executando a obra é a Construtora Luiz Costa Ltda.






GUARDA MUNICIPAL DAR DETALHES DO ASSASSINATO DE JOVEM EM TABIRA NA NOITE DESTA QUARTA-FEIRA (23)

Imagem via internet

 Na noite desta quarta-feira, 22/06/2021, por volta das 20h30min, o Grupamento Rondas de Apoio ao Cidadão (RONDAC), da Guarda Municipal de Tabira-PE,  foi informado via Central e Comunicações (CECOM) de que uma pessoa havia dado entrada no Hospital Municipal de Tabira, provavelmente vítima de disparo de arma de fogo. De imediato, a guarnição fez-se presente no local onde K. E. S. B., técnica de enfermagem, 37 anos, informou que um popular foi até o hospital e solicitou socorro, pois às margens da estrada vicinal que liga o Bairro Barreiros II à Rodovia PE-320, próximo ao Motel Castelão, havia um homem caído. Segundo informações, M. S. A., 19 anos, solteiro, desocupado, estava agonizando e perdendo muito sangue após ser ouvido um disparo de arma de fogo e uma motocicleta passando em alta velocidade pelas proximidades do local do crime. Diante dos fatos, uma equipe dirigiu-se até o local onde foram realizados os procedimentos de primeiros socorros e em seguida encaminhado para o hospital onde o médico de plantão identificou uma perfuração de arma de fogo na região da nuca. A vítima foi transferida para o Hospital Regional de Afogados da Ingazeira-PE em estado grave, onde de lá foi transferido para o hospital da restauração em Recife porém no caminho não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

O blog do J. Campos retifica também a idade da vítima, onde anunciamos 22 anos e o mesmo tinha 19 anos.

HOMEM É ENCONTRADO MORTO EM UMA REDE EM SUA RESIDÊNCIA NA ZONA RURAL ITAPETIM

Imagem via internet

 Segundo informações chegadas ao nosso blog que na manhã desta quinta-feira (24) foi encontrado morto em uma rede, em sua residência na saída para o sítio prazeres o senhor José de Anchieta Paes da Silva, de aproximadamente 50 anos, conhecido com "Chietinha". Ainda informações de populares o mesmo tinha marca de perfuração de arma de fogo no corpo.

Ainda não se sabe que horas e qual o motivo do assassinato.

Matéria sujeita a modificações a qualquer momento:

Caçador desiste de ajudar a procurar Lázaro após apelo da mãe

 O caçador conhecido como Babaçu desistiu, na madrugada desta quarta-feira (23), de ajudar nas buscas pelo "serial killer" Lázaro Barbosa, de 32 anos, em Goiás, após um apelo da mãe para que abandonasse a caçada. Hoje, a polícia entra no 15º dia de procura pelo homem que assassinou uma família em Ceilândia e é condenado por diversos outros crimes. As informações são do R7.

Na manhã desta quarta-feira, José Marcos Rodrigues Pereira, 41 anos, ainda não havia voltado à cidade em que vive, São Miguel do Araguaia. Babaçu permanece no distrito de Girassol, em Cocalzinho, instalado em uma base montada pela polícia na cidade.

"Fui pensar bem e sempre queria voltar para trás. Minha mãe começou a chorar, ligou pra mim e larguei isso de vez. Vou escutar minha mãe", disse em vídeo. Babaçu se ofereceu para colaborar com as buscas por Lázaro e em troca pediu uma roupa do exército, uma arma e dinheiro. "Eu assinava um papel dizendo que sou responsável por mim, mas vou embora amanhã cedo já que eles não querem que eu ajude", diz. 

Babaçu afirma que se ofereceu para colaborar com a çacada a Lázaro atendendo a um pedido dos filhos. "Estava em casa e por caçar a vida toda e aprender a viver dentro do mato, meus filhos pequenos falaram que eu dava conta de achar ele para comprar um carro melhor pra nós", diz. 

Entratanto, o caçador diz não se tratar de um trabalho simples nem para ele, tampouco para a polícia. "Eles é bem estruturado, a gente acha que é fácil, mas depois a gente vê que é difícil mesmo, até pra mim que tenho experiência. Por eu sobreviver dentro do mato, eu sobrevivo bem, mas tem 6 meses que eu parei. O povo que me conhece e já me viu acredita em mim."

Babaçu diz que tinha expectativas de encontrar Lázaro Barbosa na mata. "Pensei que eu ia chegar e pegar ele. Meus filhos me falam pra ficar pra ver se eu consigo mostrar o rumo, rastrear os cachorros. Mas do mesmo jeito que é difícil pra mim é difícil pros policiais. A sobrevivência do lázaro na mata é igual a minha."

Buscas por Lázaro

Na terça-feira (22), a polícia atuou na perícia de um carro queimado e apreendeu para análise um lençol encontrado em uma casa por onde ele teria passado. A expectativa para esta quarta-feira (23) é que o cerco se fecha ainda mais e, enfim, o criminoso que matou quatro pessoas de uma mesma família, seja capturado.

A sede das buscas é uma escola municipal localizada na cidade de Girassol, porém os trabalhos das equipes da força tarefa da polícia chegaram ainda mais longe na tarde de terça. Investigadores foram em direção a Santo Antônio do Descoberto, a cerca de 20 km do perímetro de buscas. Existe a possibilidade de Lázaro ter escapado atravessando o rio dos Macacos e o rio da Areia, acessando uma área de mata aberta sobre a qual, segundo a polícia, ele não tem domínio.

Uma outra área cercada pela polícia é de mata fechada e fica entre Girassol e Águas Lindas de Goiás. Ali, contaram com apoio do caçador Babaçu, que foi acionado na segunda (22) mas que, sem sucesso nas buscas, decidiu voltar pra casa.

Também nesta terça, caseiros denunciaram a passagem de Lázaro por uma chácara, onde teria roubado mantimentos. Peritos criminais passaram a reforçar as equipes com três drones que conseguem identificar por meio da temperatura a movimentação de pessoas no meio da mata.

Bebê de 7 meses é internada após engolir pedras de crack do seu pai em casa

 Uma bebê de 7 meses foi internada na última segunda-feira (21/06) em um hospital de Divinópolis, a 120 km de Belo Horizonte, depois de engolir, acidentalmente, duas pedras de crack do pai. Segundo a Polícia Militar, a criança teria achado a droga no chão. As informações são do R7.

A menina foi levada para o Hospital João de Deus, onde estaria internada desde segunda. A assessoria do hospital informou que a família não autorizou passar informações sobre o estado de saúde da criança.

Segundo a PM, o pai da criança, de 20 anos, foi encaminhado para a delegacia de plantão de Divinópolis. A Polícia Civil informou que os pais foram ouvidos e liberados por falta de provas. Ainda segundo a PC o homem afirmou que era usuário, mas que a criança havia ingerido apenas resquícios das pedras de crack. A polícia ainda disse que nenhuma droga foi apreendida.

Investigação

Em nota, a Polícia Civil informou que “instaurou inquérito para investigar possível prática do crime de expor a vida ou a saúde de outrem a perigo, previsto no art. 132 do Código Penal.

Os pais da criança foram ouvidos nessa segunda-feira (21/6), e o prontuário de atendimento da criança requisitado à unidade de saúde. Os fatos seguem em apuração na Delegacia Regional de Polícia Civil em Divinópolis”.

Caminhoneiro vê assalto na rua e atropela suspeitos em moto roubada

 Um motorista de caminhão presenciou uma tentativa de assalto e atropelou os suspeitos no bairro do Jaguaré, zona oeste de São Paulo, por volta das 8h40 desta quarta-feira (23/06). As informações são do R7.

O caso ocorreu no cruzamento da rua Alonso Carbonell com a avenida Engenheiro Billings, na saída para a Marginal Pinheiros, após a ponte Jaguaré.

De acordo com informações da Record TV, a dupla estava a pé e tentou assaltar um motociclista. O motorista do caminhão, que vinha logo atrás e presenciou o crime, reagiu e atropelou os suspeitos, que foram presos em flagrante.

A vítima do assalto não ficou ferida e a dupla recebeu atendimento médico no local. Uma arma falsa foi localizada com os criminosos.

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou que a pista local, sentido Interlagos, ficou completamente bloqueada para o atendimento da ocorrência, que foi flagrada pelo helicóptero da Record TV.

O 93° Distrito Policial do Jaguaré atende à área.

Preso por matar a tiros diretora e professora de creche, jovem de 20 anos diz ser inocente

 Walyson David Oliveira da Silva, de 20 anos, está preso temporariamente desde o dia 15 por suspeita de envolvimento na morte da diretora e da professora em 24 de maio, na zona leste de São Paulo. Elas estavam em uma Tucson que foi abordada por criminosos e executadas por engano. No entanto, a família do suspeito garante que ele estava dormindo na casa da namorada na hora do crime. As informações são do R7.

"Meu irmão trabalha desde os 12 anos, não tem passagem pela polícia, fez cursos de cabeleireiro e é proprietário de um salão na frente de casa. Ele tá desesperado. Toda vez que a gente vai visitar, ele acha que vai sair e chora muito. Está preso sem dever nada", afirma o irmão Thalisson Oliveira da Silva, que tem 31 anos e é técnico de sistemas.

Segundo a família, na noite anterior ao crime, Walyson assistiu ao jogo do São Paulo com o irmão e a namorada de 17 anos. Depois foi para a casa dela, onde dormiu e só saiu de lá por volta de 14h45 depois de almoçar. 

"Passamos o domingo na casa dele, como de costume. À noite mandei mensagem para minha mãe perguntando se o Waly podia dormir em casa que domingo e segunda é a folga dele. Minha casa da dele dá uns 5 minutos no máximo a pé e ele não leva celular porque já foi assaltado. Ele passou a noite e, às 7h, minha mãe foi pro quarto ver se tava tudo bem e viu que ele estava lá dormindo", lembra a namorada que é adolescente e prefere não ser identificada.

Ela o descreve como sossegado, quieto, respeitoso e trabalhador e garante que ele é inocente. Segundo a namorada, Walyson é conhecido na comunidade do Jardim Eliane, onde mora e trabalha, e todos estão indignados com a prisão.

"Tenho certeza absoluta da inocência dele. Minha mãe é rígida comigo e confia nele. Deixa ele dormir aqui em casa. É revoltante ficar nessa situação. Ninguém dá espaço de voz pra gente. Essa semana da prisão foi horrível. A mãe dele veio da Bahia por causa disso. É desesperador", revela.

Walyson está na carceragem do 2º DP, no Bom Retiro, na região central de São Paulo.

 

Homem é preso por se masturbar na rua e tentar estuprar mulheres

 “Maníaco da Noroeste”. Assim estava sendo chamado o homem de 35 anos detido na madrugada desta quarta-feira (23/06), por tentativa de estupro e prática de atos obscenos na região noroeste de Goiânia. As informações são do Metrópoles.

Segundo informações da Ronda Municipal (Romu), o homem já tem passagens anteriores por receptação, roubo e estupro.

O comandante da corporação, Vagner Rodrigues, relata que o homem estava aterrorizando a região há cerca de 15 dias. “Nós recebemos mais de sete denúncias. Ele ficava andando pela região e mostrando o genital, se masturbando na rua, na frente das pessoas, mas ele estava conseguindo fugir. Dessa vez, mesmo ele tentando escapar pela mata novamente, nós conseguimos pegar”, ressaltou.

De acordo com o comandante, o homem arrastou duas mulheres que estavam em um ponto de ônibus para a região da mata. Mas a corporação foi acionada por moradores e conseguiu chegar a tempo. O homem ainda foi agredido por populares e não conseguiu fazer nada com as vítimas. Ele foi contido no Jardim Curitiba 3, na divisa com o bairro São Carlos, e encaminhado para a Central de Flagrantes.

Conforme a Polícia Civil, o homem já responde pelos crime de estupro, roubo e vias de fato. Ele foi autuado e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por ato obsceno e, em seguida, foi liberado.

Ainda segundo o comandante Rodrigues, o homem é acusado de ter estuprado a sobrinha, de apenas 7 anos, em 2015.

Mourão admite que governo falhou por não fazer campanha ‘firme’ sobre a pandemia

 

Apesar de elogiar a postura do governo Bolsonaro na pandemia, o vice-presidente, Hamilton Mourão, criticou o Planalto pelas escolhas no enfrentamento ao novo coronavírus. Mourão admitiu que o “maior erro” do governo foi não ter feito uma campanha “firme” para orientar a população sobre a Covid-19. As declarações foram feitas durante entrevista ao programa Roberto D’Ávila, da Globonews, na noite dessa terça-feira, e reproduzidas pelo site G1.

Além da pandemia, Mourão também foi questionado, durante a entrevista, sobre o envolvimento dos militares com a política e, ainda, as polêmicas na área do meio ambiente.

“Eu vou dizer para ti qual é o nosso maior erro, na minha visão: a questão de comunicação desde o ano passado. De campanhas de esclarecimento à população. Acho que esse foi o grande erro, uma campanha de esclarecimento firme, como tivemos no passado, de outras vacinas, mas uma campanha de esclarecimento da população sobre a realidade da doença, orientações o tempo todo para a população. Eu acho que isso teria sido um trabalho eficiente do nosso governo”, declarou.

Mourão evitou críticas diretas ao presidente Bolsonaro, que desde o início da pandemia condenou o uso de máscaras, o distanciamento social, além de fazer propaganda da cloroquina, um medicamentos comprovadamente sem efeito contra a Covid.

“O presidente tem a visão dele. Eu não coloco nas costas do presidente essas coisas que têm acontecido. Não é tudo nas costas dele. Cada um tem a sua parcela de erro nesse pacote todo aí. É um país desigual: desigual regionalmente e desigual socioeconomicamente. É um país continental”, afirmou.

Militares na política

Se Mourão ensaiou uma espécie de mea culpa do governo ao analisar as ações na pandemia, preferiu sair pela tangente sobre outros assuntos delicados. No caso do envolvimento de integrantes das Forças Armadas diretamente no governo, o vice-presidente classificou como “missão constitucional”.

“Eles (militares) estão com a visão de que tem que estar voltado para suas ações de defesa da pátria. Garantir defesa da ordem quando acionados”.

Mourão também fez afagos ao ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, que recentemente esteve envolvido numa polêmica, após ter participado de um evento político ao lado do presidente. General da ativa, pelas normas militares Pazuello não poderia fazer parte do evento. Após pressão de Bolsonaro, o Exército decidiu não punir Pazuello e, de quebra, ainda estabeleceu sigilo do processo por 100 anos.

“Pazuello, eu conheço, tenho apreço, me ajudou em momentos difíceis. O Pazuello deveria ter compreendido que estava em função política (ao ocupar o ministério), já tinha atingindo o patamar mais elevado (na hierarquia do Exército) e era hora de ir para a reserva. Teria mais liberdade de manobra para trabalhar. É o ponto focal da questão”, desconversou.

Também questionado sobre as ações polêmicas do ministro Ricardo Salles no Meio Ambiente, Mourão procurou enfatizar mais seu papel no Conselho Nacional da Amazônia Legal: “Trabalhar com pessoas não é simples. […] A função que tenho no conselho é para criar sinergia. Palavra-chave é ‘cooperação’. Compete a mim fazer trabalho de conhecimento, dizer: ‘Vamos agir da forma correta'”.

Casal é encontrado morto dentro de banheiro; polícia suspeita de inalação de gás

 

O casal Matheus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos, foi encontrado morto no box do banheiro de um apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio, na noite dessa terça-feira (22). Os corpos já estão no Instituto Médico Legal (IML) do Centro do Rio. Segundo o jornal o Globo, a suspeita é que a causa da morte tenha sido inalação de gás, pois o aquecedor de água fica dentro do cômodo. 

Os cadáveres passarão por perícias para identificar o que motivou as mortes.

Durante a madrugada, peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), da Polícia Civil, estiveram no apartamento. O caso é acompanhado pela 14ª DP (Leblon). Em nota, a corporação afirma que "informações preliminares indicam que a causa das mortes teria sido um vazamento de gás no banheiro onde as vítimas estavam”.

De acordo com a Polícia Militar, também por meio de nota, a equipe do 23° BPM (Leblon) encontrou o casal desacordado, e o "óbito foi constatado por uma equipe do SAMU que esteve no local, e de acordo com as primeiras informações, a causa da morte teria sido um vazamento de gás".

Nathalia estava desaparecida desde a última segunda-feira (21). Parentes e amigos já haviam divulgado cartazes em redes sociais em busca de informações. A família se preocupou porque Nathalia, que é psicóloga, é sócia de uma clínica na Freguesia, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, e não desmarcou os pacientes agendados para esta terça-feira nem foi ao trabalho.

Matheus era empresário e, de acordo com os amigos, o apartamento era dele. Ele deixou de falar com os amigos e familiares na manhã de ontem.

Pernambuco confirma mais 2.358 casos e 64 mortes pela Covid-19

 

Pernambuco registrou, nesta quarta-feira (23), mais 2.358 casos e 64 mortes por Covid-19, segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Com a atualização, o Estado soma 542.173 infecções – 48.927 graves e 493.246 leves – e 17.407 mortes em decorrência do coronavírus desde o início da pandemia.

Entre os registros confirmados nesta quinta, há 150 de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), equivalente a 6% do total, e outros 2.208 (94%) de casos leves.

As 64 mortes ocorreram entre os dias 18 de abril de 2021 e essa terça-feira (22).

Servidor da Saúde afirma que denunciou a Bolsonaro suspeitas na importação da Covaxin

 

O servidor concursado do Ministério da Saúde Luis Ricardo Fernandes Miranda afirma que denunciou ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), suspeitas sobre a importação da vacina indiana contra o novo coronavírus Covaxin.

Em entrevista ao jornal O Globo publicada nesta quarta-feira (23), Luis Ricardo relata que alertou o chefe do Executivo, em um encontro pessoal no dia 20 de março, após se recusar a assinar um recibo que previa um pagamento antecipado pela importação do imunizante.

A reunião foi registrada com fotos e mensagens que serão apresentadas à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado Federal, em sessão na sexta-feira (23).

Ele afirma que apresentou a Bolsonaro um material que comprovaria que, em um documento recebido pelo servidor, houve um pedido de pagamento fora do contrato para importar três lotes da Covaxin com data próxima do vencimento.

De acordo com ele, o presidente teria se comprometido a encaminhar os indícios para a Polícia Federal (PF).

"Eu apresentei toda a documentação, o contrato que foi assinado, as pressões que estavam acontecendo internamente no ministério, e a gente levou até a casa do presidente (no Palácio da Alvorada). Conversamos com ele, mostramos todas as documentações, as pressões, e ele ficou de, após a reunião, falar com o chefe da Polícia Federal para investigar", disse Luis.