quinta-feira, 15 de abril de 2021

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em maio

 

Trabalhadores informais nascidos em maio começam a receber hoje (15) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos nesse mês.

Também hoje, a Caixa Econômica Federal depositará a revisão do auxílio emergencial para 236 mil novos beneficiários nascidos de janeiro a maio incluídos na nova rodada. Essas pessoas haviam sido excluídas por não se enquadrarem no público elegível, mas contestaram o benefício negado e conseguiram reaver o auxílio.

Os nascidos de junho a dezembro reincluídos no auxílio emergencial receberão conforme o calendário de pagamentos divulgado no fim de março. A relação dos incluídos na revisão do auxílio está disponível na página de consultas desenvolvida pela Dataprev, estatal responsável pelo cadastro dos beneficiários.

A primeira parcela será depositada nas contas poupança digitais e poderá ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta corrente.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social. (Via: Agência Brasil)

TCU absolve Dilma pela compra da refinaria de Pasadena

 

O Plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) absolveu, nesta quarta-feira (14), a ex-presidente Dilma Rouseff (PT) e condenou o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli pelos prejuízos na compra da refinaria americana de Pasadena. No processo, também foram condenados os ex-diretores Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, delatores da "lava jato".

As informações são do jornal O Globo.

Em 2006, Dilma integrava o conselho de administração da Petrobras e votou pela compra da refinaria. Ela alegava que não teve acesso a todas as informações necessárias para a aquisição. O negócio foi alvo de uma série de investigações da força-tarefa de Curitiba, mas nenhuma acusação foi feita contra a ex-presidente.

De acordo com a publicação, o ministro Vital do Rêgo, relator do caso, indicou que os membros do conselho não agiram com dolo nem má-fé, e por isso suas contas deveriam ser julgadas regulares com ressalvas.

"Não há razoabilidade e proporcionalidade em igualar responsabilidades daqueles que agiram com deslealdades com os outros envolvidos, cuja má-fé não ficou demonstrada nesses autos tampouco em outras instâncias nas quais se apura o caso Pasadena", apontou o relator.

Já Gabrielli, Costa, Cerveró e o gerente Luís Carlos Moreira da Silva foram condenados ao pagamento de multa de R$ 110 milhões e a oito anos de inabilitação para exercício de cargos públicos. Seu voto foi acompanhado por unanimidade.

Juiz afirma que campanha de Bolsonaro por kit Covid faz parte do livre discurso político

 

Em resposta à ação popular protocolada pelo deputado Ivan Valente (PSOL-SP), o juiz Manoel Pedro Martins de Castro Filho, da 6ª Vara do DF, afirmou que ainda que infeliz, a escolha de Bolsonaro por defender o tratamento da Covid-19 com remédios sem eficácia comprovada (hidroxicloroquina, ivermectina) "se ajusta no espaço do livre discurso político."

Ele escreve que o Judiciário não pode "se assenhorar da discussão e obrigar o Poder Político a adotar esta ou aquela via no combate à pandemia."

"A questão se insere claramente no domínio do Político e não pode ser arbitrada pelo Judiciário. O popular ambiciona que se censure judicialmente plataforma política, na medida em que o Presidente da República advoga o tratamento da Covid a revés do que recomendam a OMS e outros órgãos especializados", diz a decisão.

O juiz argumenta que ainda existem dúvidas quanto ao tratamento do coronavírus, "inclusive quanto às soluções mais sólidas, como a vacina", e por isso o Judiciário não pode determinar um tratamento específico.

"Do contrário, ficaria violado o princípio da separação dos Poderes, e restariam inúteis os órgãos especializados que, a mando do Executivo, fatalmente se guiam não só pela informação técnica, mas também pelo juízo político-moral do governo eleito", completa.

Castro Filho ainda afirma que o apoio a esse pacote de medicamentos (que tem gerado efeitos colaterais graves) tem "importância lateral" diante do ceticismo contra a vacina, "o que é mais uma razão para não torcer uma questão política —uma orientação do Ministério da Saúde, dotada de qualidade duvidosa— em questão jurídica."

O juiz rejeitou a ação de Valente, que pedia que o Ministério da Saúde fosse proibido de recomendar remédios sem eficácia comprovada para a Covid-19 e a anulação de nota informativa da pasta que trata do que chamam de "tratamento precoce". O deputado vai recorrer. (Via: Folhapress)

Viatura da PM colide com muro durante perseguição a motociclista no centro de Patos nesta quarta (14)

 


As primeiras informações repassadas ao Patosonline.com, dão conta que a viatura estava perseguindo uma moto que havia sido roubada possivelmente entre Quixaba e Cacimba de Areia e acabaram se deparando com outra moto roubada na cidade de Patos.

Durante a perseguição, o condutor da viatura empreendeu certa velocidade e acabou perdendo o controle e batendo na mureta metálica. Os policiais ocupantes da viatura passam bem.

Por Genival Junior – Patosonline.com

Criança de 5 anos morre atropelada por caminhão em São Bento

 


De acordo com informações, Maria Sofia da Silva estava andando de bicicleta e ao tentar a PB-293, que tem um fluxo intenso de veículos, foi atingida pelo caminhão.

A vítima ainda chegou a ser socorrida por populares para o hospital da cidade, mas não resistiu ais ferimentos e faleceu.

O corpo da criança foi levado para o Instituto de Medicina Legal de Cajazeiras e após exames, será liberado para o sepultamento.

Notícia Paraíba

POLICIAL: Idoso que dava presentes para estuprar crianças foi preso


 Um idoso de 74 anos foi preso pela Polícia Civil por estuprar crianças no Distrito Federal e em Goiás, entre os anos de 2012 e 2019. Francisco Aires filho foi localizado por investigadores da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O) numa casa em Águas Lindas, no Entorno do DF. Apesar de ser separado há anos, ou ter um filho adulto, a residência estava cheia de brinquedos, doces, balas e até chupetas.

De acordo com as investigações, o idoso, conhecido como “Seu Chico”, frequentava uma das vilas olímpicas de Ceilândia e fazia amizade com os pais de crianças que praticavam esportes no local e que moravam perto da residência dele. O criminoso violentou um menino de 8 anos dentro do carro e outro em um banheiro público da vila olímpica.

Após ganhar a confiança dos parentes das vítimas, o abusador oferecia carona para as crianças com o consentimento dos pais. A proximidade proporcionava a chance de os estupros ocorrerem. A PCDF também apurou a suspeita de que um primo do menino violentado teria sido abusado pelo mesmo idoso.

Foragido
De acordo com o delgado adjunto da 24ª DP, Hermes Dantas, “Seu Chico” era foragido da Justiça de Goiás desde 2012, quando teve ordem de prisão preventiva expedida por estupro de vulnerável. “Queremos divulgar a imagem e o modus operandi desse suspeito por acreditar que ele tenha feito um número maior de vítimas no DF, principalmente entre crianças que frequentavam vilas olímpicas”, disse. (Metropoles)

Delegado diz que mulher morta pela ex-campaheiro em Patos não conseguia mais conviver com o agressor devido a agressões sofridas. VEJA O VÍDEO

 


Galdêncio traz detalhes de como foi a ação criminosa, e revela que a vítima teria deixado o relacionamento com o suspeito há dois meses, devido não conseguir mais conviver com as agressões sofridas e praticadas pelo ex-marido.

No vídeo o delegado diz que a polícia está no trabalho de tentar localizar o suspeito e pede ajuda da população para ajudar denunciando de forma anônima pelo número 197 da polícia civil.

Veja o vídeo abaixo:

Patosonline.com  

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em maio

  Trabalhadores informais nascidos em maio começam a receber hoje (15) a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$...