quarta-feira, 30 de junho de 2021

Homem de 25 anos, policia penal, usa a própria arma e tira a vida na noite desta terça-feira (30) em Patos


 O policial penal, Valdemir de Queiroz de Morais Filho, de 25 anos, residente no Conjunto Nova Conquista, mais conhecido por Mutirão, aqui em Patos, tirou a própria vida com um disparo de arma de fogo contra a sua cabeça. O fato foi registrado por volta das 23h00m (onze da noite), desta terça-feira, 29 de junho.

Segundo informações, um disparo foi ouvido, e quando e em seguida ficou constatado que o mesmo estava ferido e apresentava um ferimento a bala na cabeça.

O SAMU foi acionado e se dirigiu ao local, porém ao chegar ao local constatou o óbito do policial penal. Valdemir, que era Policial Penal e trabalhava no Estado do Ceará, teve morte instantânea.   

Guarnições da Polícia Militar foram enviadas ao local e realizaram os primeiros levantamentos. Segundo informações, ele estava enfrentando problemas de saúde.

No momento da tragédia, Valdemir estava sozinho em casa, a esposa dele ao chegar ao local e ver a cena entrou em desespero.

Patosonline.com      

Mulher encontrada sem vida na zona rural de Arcoverde


 Policiais Militares do 3º BPM receberam a informação de que na Zona Rural do distrito de Negras fora localizado um cadáver.

Ao chegar no local, o efetivo encontrou a vítima caída do lado de fora de sua residência, sem apresentar sinais de violência. Familiares da vítima relataram que ela sofria de problemas cardíacos e há alguns dias vinha se queixando de fortes dores o peito.

A equipe da Polícia Civil esteve no local e logo em seguida, o corpo foi levado à Unidade Hospitalar da Cidade, para que seja definida a causa da morte.

O ocorrido foi registrado na Delegacia de Polícia Local. Não foi divulgado identidade da vítima.

Via: Mais Pajeú

Inscrições para o Enem 2021 começam nesta quarta-feira


 O INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) abre nesta quarta-feira (30) as inscrições para o Enem 2021 (Exame Nacional do Ensino Médio), nas modalidades impressa e digital. Os interessados devem acessar a página do participante na internet para fazer a inscrição até o dia 14 de julho. As provas serão realizadas nos dias 21 e 28 de novembro.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deve ser paga até o dia 19 de julho, de acordo com o cronograma divulgado no edital.

Os candidatos têm até o dia 14 de julho para atualizar dados de contato, escolher o município para realização das provas presenciais, mudar a opção de língua estrangeira e alterar atendimento especializado ou específico, conforme editais do exame. Após esse prazo, não serão mais permitidas mudanças.

Quem precisar de atendimento especializado ou específico deverá realizar a solicitação durante a inscrição. O prazo para pedidos de atendimento por nome social será de 19 a 23 de julho.

A confirmação de inscrição do Enem 2021 para quem é pagante é feita após a compensação do pagamento da taxa, que pode levar até uma semana, de acordo com o Inep. O boleto da taxa deve ser pago até três dias após o fim das inscrições. O pagamento pode ser feito em casas lotéricas, agências bancárias, agências dos Correios que tenham o Banco Postal, internet banking e aplicativos de bancos.

No dia do exame, os participantes deverão seguir as orientações sanitárias para a prevenção da covid-19. O uso de máscara cobrindo o nariz e a boca é obrigatório e de álcool em gel, em caso de não cumprimento o candidato será desclassificado.

As provas seguem as mesmas orientações de edições anteriores: o primeiro dia focado nas provas de linguagens, ciências humanas e redação com aplicação de 5h30 e no segundo dia os candidatos terão 5h para resolver questões de ciências da natureza e matemática e suas tecnologias. O cartão-resposta deverá obrigatoriamente ser preenchido com caneta transparente de tinta preta. (R7)

Programação cultural da Emancipação de Afogados começa nesta quarta-feira


 A programação artística das festividades da emancipação política de Afogados da Ingazeira será, pelo segundo ano consecutivo – em decorrência da pandemia – no formato de lives, seguindo os protocolos definidos pelas autoridades de saúde.  

A festa virtual começa nesta quarta-feira (30), às 19h30, com apresentações dos músicos Leandro Cavalcante, Luciano Lima, Waguinho dos teclados, Forró Porto Rico e As Severinas. 

A noite também vai contar com a apresentação da quadrilha junina sanfonar e com uma roda de glosas coordenada pelo poeta e apresentador da noite, Alexandre Moraes, com a participação dos poetas Diomedes Mariano, Zé Adalberto, Gislândio Araújo, Genildo Santana e Francisca Araújo.

Confira a programação dos demais dias:

Quinta, 1 de julho  – 19h – Live

Corte do bolo  – Cacá Malaquias, Edinho Oliveira, Edierck e Francisco das Chagas – Gustavo Pinheiro – Adelino do Acordeon – Maciel Melo.

Sexta, 2 de julho – 19h30

Espetáculo “Festa, Trabalho e Pão”, com a companhia artística Pajeú de Danças e Quadrilha Junina Sanfonar – Lindomar Souza – Banda Nova Engrenagem – Genival e Grupo Versátil – Irah Caldeira.

Sábado, 3 de julho – 19h30

Quadrilha Junina Fogo de Palha – Kleiton Mota – Quarteto da Seresta – Amigos do Samba – Banda Os Megas.

Para assistir, basta entrar no YouTube, digitar Prefeitura de Afogados da Ingazeira, se inscrever no canal e curtir a programação. Participe, prestigie o talento e a qualidade dos nossos músicos, poetas, dançarinos e artistas.

Ministério da Saúde decide exonerar diretor após denúncia de propina por vacina

 

Foto: Anderson Riedel/PR


A medida ocorre em meio a uma denúncia de que ele teria cobrado propina de um representante de uma vendedora de vacinas

Folhapress

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidiu exonerar o diretor de Logística da pasta, Roberto Ferreira Dias. A medida ocorre em meio a uma denúncia, revelada pela Folha de S. Paulo, de que ele teria cobrado propina de um representante de uma vendedora de vacinas.

Também ocorre em meio a investigações sobre suspeitas de irregularidades na compra da vacina Covaxin, processo em que o diretor também é citado.

A exoneração foi confirmada em nota pelo ministério. A medida será publicada nesta quarta-feira (30) no Diário Oficial da União.

Em entrevista exclusiva à Folha de S. Paulo, Dominguetti Pereira, representante da empresa Davati Medical Supply, afirmou que recebeu de Dias um pedido de propina de US$ 1 por dose em troca de fechar contrato com o Ministério da Saúde.

Segundo ele, Dias cobrou a propina em um jantar no restaurante Vasto, no Brasília Shopping, região central da capital federal, no dia 25 de fevereiro.

Representantes do ministério também dizem que foi instaurado um procedimento administrativo para apurar as suspeitas no caso da Covaxin. A pasta alega ainda que a exoneração de Dias foi decidida na manhã desta terça, antes das revelações da Folha de S. Paulo.

Roberto Dias foi indicado ao cargo pelo líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR). Sua nomeação ocorreu em 8 de janeiro de 2019, na gestão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Em uma rede social nesta terça, Barros negou ter indicado Dias ao posto. “Em relação à matéria da Folha, reitero que Roberto Ferreira Dias teve sua nomeação no Ministério da Saúde no início da atual gestão presidencial, em 2019, quando não estava alinhado ao governo. Assim, repito, não é minha indicação. Desconheço totalmente a denúncia da Davati.”

Em entrevista à reportagem, o deputado Luis Miranda (DEM-DF) que, junto com o irmão Luis Ricardo Miranda, chefe do departamento de importação do Ministério da Saúde, denunciou suspeita de irregularidade no contrato de compra da vacina Covaxin, disse que Roberto Ferreira Dias é quem dá as cartas na pasta.

“Eu acho assim, nada ali acontece se o Roberto não quiser. Tudo o que aconteceu, inclusive a pressão sobre o meu irmão, é sob a aprovação dele. Sem ele, ninguém faz nada. Isso é uma das únicas certezas que tenho”, afirmou o deputado.

A suspeita sobre a compra de vacinas veio à tona em torno da compra da vacina indiana Covaxin, quando a Folha de S. Paulo revelou no último dia 18 o teor do depoimento sigiloso do servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda ao Ministério Público Federal, que relatou pressão “atípica” para liberar a importação da Covaxin.

Desde então, o caso virou prioridade da CPI da Covid no Senado. A comissão suspeita do contrato para a aquisição da imunização, por ter sido fechado em tempo recorde, em um momento em que o imunizante ainda não tinha tido todos os dados divulgados, e prever o maior valor por dose, em torno de R$ 80 (ou US$ 15 a dose).

Meses antes, o ministério já tinha negado propostas de vacinas mais baratas do que a Covaxin e já aprovadas em outros países, como a Pfizer (que custava US$ 10).

A crise chegou ao Palácio do Planalto após o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), irmão do servidor da Saúde, relatar que o presidente havia sido alertado por eles em março sobre as irregularidades. Bolsonaro teria respondido, segundo o parlamentar, que iria acionar a Polícia Federal para que abrisse uma investigação.

A CPI, no entanto, averiguou e constatou que não houve solicitações nesse sentido para a PF. Ao se manifestar sobre o assunto, Bolsonaro primeiro disse que a Polícia Federal agora vai abrir inquérito para apurar as suspeitas e depois afirmou que não tem “como saber o que acontece nos ministérios”.

Nesta terça, o Ministério da Saúde decidiu suspender o contrato com a Precisa Medicamentos para obter 20 milhões de doses da Covaxin. Segundo membros da pasta, a decisão atual é pela suspensão até que haja novo parecer sobre o caso. A pasta, porém, já avalia a possibilidade de cancelar o contrato.

Já nesta segunda-feira (28) a Folha de S. Paulo também revelou que o advogado do deputado Ricardo Barros atuou como representante legal da vacina chinesa Convidecia no Brasil, participando inclusive de reunião com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Sócio do genro de Barros até março deste ano, o advogado Flávio Pansieri participou de reunião com a Anvisa no último dia 30 de abril. Segundo o site da agência, a pauta da reunião referia-se às “atualizações sobre a desenvolvimento da vacina do IVB [Instituto Vital Brazil] & Belcher & CanSinoBio a ser submetida a uso emergencial para a Anvisa”.

Integrantes da CPI da Covid querem apurar a negociação da Convidecia com o Ministério da Saúde. A empresa Belcher Farmacêutica, com sede em Maringá (PR), atuou como representante no país do laboratório CanSino Biologics no Brasil, responsável pelo imunizante.

No último domingo (27), Barros divulgou nota por ter sido citado pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF) em depoimento à CPI da Covid como parlamentar que atuou em favor da aquisição de vacinas superfaturadas. Para se defender, o líder do governo apresentou a íntegra da defesa preliminar enviada à Justiça Federal. O documento é assinado por Pansieri.

O advogado também assumiu a defesa de Barros no STF (Supremo Tribunal Federal), após o deputado ter sido delatado por executivos da construtora Galvão Engenharia.

Além de atuar na defesa de Barros, Pansieri acompanhou o líder do governo durante encontro com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto no dia 24 de fevereiro, durante a posse do deputado do centrão João Roma (Republicanos-BA) como ministro da Cidadania.

Taxa de transmissão da covid cai no Brasil, aponta Imperial College


 A taxa de transmissão da covid-19 caiu para 0,98 no Brasil, de acordo com levantamento do Imperial College de Londres, atualizado nesta terça-feira (29). É o número mais baixo das últimas quatro semanas. Na última, o dado era de 1,13. Indicadores de 1 por mais de 15 dias indicam que a pandemia pode estar sendo controlada no país.

O índice de contágio significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 98 saudáveis. Dentro da margem de erro apresentada pela universidade, os dados brasileiros variam de 0,76 a 1,08.

O estudo também aponta a previsão de mortes para a próxima semana. No Brasil, o cálculo prevê de 11.300 a 14.600 óbitos causados pela covid nos sete dias a seguir. Na semana passada a previsão era de 16.300 mortes.

De acordo com dados das últimas 24 horas do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,8% e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 244,6. A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 1.644 e a média móvel de novos casos é de 68.796, ambas com tendência de queda. (R7)

DOIS INDIVÍDUOS SÃO PRESOS APÓS TENTATIVA DE ASSALTO EM IGUARACY


 Na tarde desta terça (29), dois meliantes numa moto tentaram assaltar um açougue que fica bem ao lado do Ponto Celpe em Iguaracy. Vizinhos ouviram os gritos de uma moça (não se sabe o nome), em seguida os meliantes saíram vagarosamente descendo pela rua que da acesso ao distrito de Jabitacá, pouquíssimos minutos a polícia passou pelo local, não sabendo de fato a cor da moto, nem os trajes dos meliantes.

A PM seguiu em perseguição no sentido do distrito de Jabitacá e já há notícia de captura dos meliantes. (Ronaldo Teixeira)

Enquanto isso… Deputada do PSOL acusa polícia de matar Lázaro sem “ouvi-lo”


 A deputada federal Vivi Reis (PSOL-PA) gerou revolta nas redes sociais após acusar a polícia de Goiás de matar o maníaco Lázaro Barbosa sem “ouvir” o que ele tinha para dizer. Lázaro foi morto com mais de 20 tiros na manhã desta segunda-feira (28), após intensa troca de tiros com a polícia.

– Lázaro foi preso e morto. A perseguição do criminoso deixou um lastro de ódio, intolerância religiosa e abusos. A celebração de sua morte é retrato da espetacularização dessa caçada de 20 dias e R$ 19 milhões. Quando o capturam, ao invés de ouvi-lo, o executam. Vexame – escreveu.

Com a repercussão negativa do post e acusações de que estaria defendendo Lázaro – que havia matado cinco pessoas, sendo quatro da mesma família, entre outros crimes -, Vivi apagou o tuíte e fez uma nova publicação para, segundo ela, “explicar melhor” sua opinião.

FORROS DE PV, BOX, ESPELHOS , MOLDURAS TUDO ISSO E MUITO MAIS VOCÊ ENCONTRA NA VIDRAÇARIA CENTRAL DE ITAPETIM (VEJA ALGUNS DOS NOSSOS TRABALHOS)









 

Com 74% dos leitos de UTI covid-19 para adultos ocupados, Sertão tem leve melhora


 A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça (29), 1.783 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 91 (5,1%) são casos de pacientes hospitalizados e 1.692 (94,9%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 394.709 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 1.042.417 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Também foram confirmados 25 novos óbitos desde a última atualização, sendo 13 ocorridos nas últimas 24h. Os óbitos confirmados neste boletim aconteceram entre os dias 14 e 29 de junho de 2021, sendo 02 em hospitais privados e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 8.586 mortes. O boletim registra ainda um total de 260.560 pacientes recuperados da doença.

Concentração de casos

Cinco municípios concentram 872 novos casos, o que corresponde a 48,9% dos casos registrados nesta terça. São eles: Campina Grande, com 372 novos casos, totalizando 36.885; Cabedelo, com 188 novos casos, totalizando 9.073; Santa Rita, com 118 novos casos, totalizando 9.019; Bayeux com 109 novos casos, totalizando 7.442; João Pessoa, com 85 novos casos, totalizando 98.874.

* Dados oficiais preliminares (fonte: e-sus VE, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 29/06/2021, sujeitos a alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até esta terça, 221 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os 25 óbitos confirmados neste boletim ocorreram entre residentes dos municípios de Bayeux (2); Brejo do Cruz (1); Cabedelo (1); Cajazeiras (1); Campina Grande (4); Casserengue (1); Conde (1); Desterro (1); Fagundes (1); Itatuba (1); João Pessoa (7); Pilões (1); Queimadas (1); Sousa (1) e Umbuzeiro (1).

As vítimas são 12 homens e 13 mulheres, com idades entre 22 e 92 anos. Hipertensão e Cardiopatia foram as comorbidades mais frequentes e 05 não tinham comorbidades.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 57%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 53%. Em Campina Grande estão ocupados 60% dos leitos de UTI adulto e no sertão 74% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 56 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 661 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 1.734.823 doses. Até o momento, 1.224.073 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 510.750 completaram os esquemas vacinais, onde 508.531 tomaram as duas doses e 2.219 utilizaram imunizante de dose única. A Paraíba já distribuiu um total de 2.045.118 doses de vacina aos municípios.

Secom-pb

INDIVÍDUO É PRESO COM 38 PEDRAS DE CRACK EM BREJINHO


O efetivo do 23º BPM, durante patrulhamento se deparou com o imputado que ao perceber a presença do policiamento, se desfez de um objeto. A guarnição ao realizar uma varredura localizou um pacote de plástico no chão contendo 38 pedras de crack. O imputado negou ser o proprietário da droga. Diante dos fatos o acusado foi conduzido à DPC local.

QUATRO PESSOAS SÃO PRESAS APÓS ASSALTO À POSTO DE COMBUSTÍVEL EM TABIRA


O efetivo do 23ºBPM foi acionado pela Permanência da 2ª CPM, a qual informou que teria ocorrido um roubo a um posto de combustível, tendo 02 (dois) indivíduos armados chegado em uma motocicleta e levaram R$108,35 (cento e oito reais e trinta e cinco centavos). As equipes iniciaram as diligências e se depararam com os imputados, que tentaram fugir do policiamento, efetuando disparos de arma de fogo contra os policiais, porém foram capturados. Com eles foi localizado o produto do roubo, bem como um revólver cal. 32 oxidado, modelo lardo Italo Gra, com capacidade pra 07 munições, estando uma deflagrada. As diligências continuaram e o efetivo foi até a residência dos envolvidos, que ao chegar encontraram um simulacro de arma de fogo, 24 (vinte e quatro) papelotes de cocaína pesando 15g (quinze gramas), R$102,09 (cento e dois reais e nove centavos), 06 (seis) aparelhos celulares, 02 (dois) capacetes pretos, 01 (um) dichavador de drogas, 02 (duas) carteiras porta cédula e 01 (um) cartão de crédito. Na casa, tinha outros 02 (dois) imputados, os quais também foram presos. O veículo utilizado na prática do crime tinha queixa de roubo. Diante dos fatos, os imputados e todo o material apreendido foram conduzidos à DPC de Afogados da Ingazeira.

EM ITAPETIM ABASTEÇA NO POSTO PETROVIA, QUALIDADE, CONFIANÇA E ATENDIMENTO ESPECIALPRA VOCÊ E SEU CARRO


 

Aneel contraria área técnica e aprova aumento de 52% na bandeira vermelha 2

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (29), por 4 votos favoráveis a 1, um reajuste de 52% na bandeira vermelha patamar 2. A partir de julho, a taxa adicional cobrada nas contas de luz passará de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) para R$ 9,49.

Esse valor, no entanto, poderá ser ainda maior já em agosto e nos próximos meses, já que a agência irá rever os parâmetros para cálculo da bandeira. A consulta pública para a revisão pode ser aberta ainda nesta terça, em reunião extraordinária. Isso porque, mesmo com o reajuste, há 46% de chances de faltar recursos para cobrir os custos da contratação de térmicas para manter o abastecimento no País.

Os técnicos calcularam que o novo patamar da bandeira vermelha nível 2 deveria subir para algo entre R$ 11,50 e R$ 12,00 a cada 100 kWh. Esse seria o valor necessário para cobrir todo o custo adicional com o acionamento de termelétricas ao longo do segundo semestre deste ano, diante da situação crítica dos reservatórios.

Mas, o relator do processo, diretor Sandoval Feitosa, afirmou que seria necessário alterar as regras da agência para aprovar um reajuste nesse patamar. Nesse sentido, o diretor apresentou um reajuste de 1,67%, que representaria uma cobrança adicional de R$ 6,49 a cada 100 kWh. Apesar de reconhecer o cenário excepcional, devido à pior crise hídrica dos últimos 91 anos, o diretor afirmou que é justo que uma mudança nas regras seja submetida a uma nova consulta pública, para que o processo tenha transparência e previsibilidade.

O entendimento que prevaleceu na diretoria, no entanto, é que o cenário crítico exige um reajuste que comporte os custos e dê um sinal mais claro aos consumidores da situação já a partir do mês de julho, sob risco de um reajuste ainda maior no mês de agosto ou até mesmo no ano que vem, quando um possível déficit na conta bandeiras seria repassado aos consumidores por meio dos reajustes anuais de cada distribuidora.

A proposta aprovada foi apresentada pelo diretor-geral da agência, André Pepitone, que sugeriu uma alteração no parâmetro dos cálculos, que passa a incorporar todos os cenários previstos para os próximos meses. Por causa da crise hídrica, as estimativas apontam para os piores cenários, o que resulta no aumento. “A gente não está promovendo aumento porque gosta ou porque quer, é uma realidade. O custo está aqui, está presente, o que estamos decidindo é o que fazer com esse custo. Se apresento agora, se apresento depois. Se apresentar depois vou ter esse custo corrigido pela Selic (a taxa básica de juros)”, afirmou.

A agência também aprovou reajuste nas bandeiras amarela e vermelha patamar 1. Pela proposta, a taxa cobrada quando a agência acionar a bandeira amarela irá aumentar 39,5%, de R$ 1,343 a cada 100 kWh para R$ 1,874. A bandeira vermelha 1, passará de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos para R$ 3,971- redução de 4,75%.

Sistema de bandeiras

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015. As cores e modalidades -verde, amarela ou vermelha – indicam se haverá ou não cobrança extra nas contas de luz.

A bandeira verde, quando não há cobrança adicional, representa que o custo para produzir energia no País está baixo. Já o acionamento das bandeiras amarela e vermelha representa um aumento no custo da geração e a necessidade de acionamento de térmicas, o que está ligado principalmente ao volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas e a previsão de chuvas.

Considerando que o País entrou no período seco com nível crítico nos reservatórios, a projeção da área técnica da Aneel é que a bandeira vermelha em seu segundo patamar seja mantida, pelo menos, até novembro.

Além de possibilitar aos consumidores adaptar seu consumo, o sistema de bandeiras também atenua os efeitos no orçamento das distribuidoras. Anteriormente, o custo da energia era repassado às tarifas uma vez por ano, no reajuste anual de cada empresa, com incidência de juros. Agora, esse custo é cobrado e repassado às empresas mensalmente.

Operação conjunta do BEPI e PF de Salgueiro erradica quase 16 mil pés de maconha em Orocó, no Sertão de PE

 

Nesta última segunda-feira (28/06), por volta das 09:30, uma Equipe do BEPI durante a Operação Fusarium III, em conjunto com a Polícia Federal, deslocou-se para averiguar pontos de plantios de maconha na zona rural de Orocó, no sertão de Pernambuco.

De acordo com informações repassada pelo nosso parceiro do Blog Francisco Brito, foi identificado quatro roças, totalizando 16.540 pés de maconha, uma sementeira com 5.368 mudas e 300 gramas de semente do entorpecente. 

Os plantios foram erradicados e incinerados no local, após o perito da PF colher todas as amostras para adoção das medidas decorrentes.

Com tornozeleira eletrônica, homem é detido pela quarta vez por tráfico de drogas em Cabrobó, no Sertão de PE

 

O motorista de um carro que transportava 2,4 Kg de maconha e uma porção de cocaína foi detido na noite desta segunda-feira (28), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 428, em Cabrobó, no Sertão pernambucano. O homem utilizava uma tornozeleira eletrônica e já havia sido detido outras três vezes pelo crime de tráfico de drogas, em Pernambuco e na Paraíba.

Durante uma ronda no Km 3 da rodovia, policiais avistaram um carro saindo de uma estrada de terra e deram ordem de parada ao motorista, mas ele desobedeceu e acelerou o veículo. Logo em seguida, o carro estancou e o homem foi alcançado.

Ao verificar o porta-malas do carro, a equipe encontrou as drogas acondicionadas em um saco plástico. O motorista estava cumprindo o regime semiaberto e disse ter adquirido as substâncias em uma estrada de terra da região, para entregar em Floresta, também no Sertão.

A PRF encaminhou o homem e as drogas à Delegacia de Polícia Civil de Cabrobó, para a continuidade dos procedimentos legais.

Pernambuco confirma 2.181 casos e 61 óbitos pela Covid-19 nas últimas 24h

 

Pernambuco registrou, nas últimas 24 horas, 2.181 novos casos e 61 óbitos pela Covid-19. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), nesta terça-feira (29).

Entre os confirmados, 116 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.065 (95%) são leves. Além disso, as mortes confirmadas ocorreram entre os dias 14 de dezembro de 2020 e essa segunda-feira (28).

Ainda de acordo com o Portal Folha PE, agora, Pernambuco totaliza 549.317 casos confirmados da doença, sendo 49.479 graves e 499.838 leves, e  17.640 mortes pela Covid-19.

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela SES-PE.

Jovem que estudava em casa sem energia elétrica e internet na Bahia é aprovado em medicina na UFRB

 

O jovem de Feira de Santana, no centro-norte baiano, Matheus de Araújo Moreira Silva, que estudou em casa sem energia elétrica ou internet, foi aprovado para medicina na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). 

Após se preparar por quatro anos em casa simples emprestada por uma amiga, o estudante de 26 anos conquistou 980 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), apenas 20 a menos do que a nota máxima, e acertou questões suficientes para conseguir um lugar na lista do curso que ele sonhava fazer. 

As aulas de Matheus na UFRB tiveram início nesta segunda-feira (28), de forma remota, a princípio, por causa da pandemia de coronavírus. As informações são do Acorda Cidade.

Para conseguir tempo e local para estudar, já que encontrava dificuldades em casa devido à presença dos irmãos mais novos, ele recebeu ajuda de uma amiga, que permitiu que ele usasse um imóvel vazio do qual era dona, no mesmo bairro onde Matheus mora. O lugar não tinha energia elétrica, somente água encanada. 

Quando escurecia, o jovem precisava fazer uso de uma lanterna para seguir estudando até as 19h, todos os dias. 

Matheus criou uma vaquinha online com o objetivo de arrecadar recursos necessários para seguir com os estudos, que presencialmente serão em Santo Antônio de Jesus, onde fica o campus da instituição. Além disso, o jovem aceita doações por meio da chave PIX 75982453570 (telefone). 

Homem usa cachaça e ateia fogo na genitália da esposa

Duas ocorrências policiais movimentaram o município de Milton Brandão, no Norte do Piauí. No início da noite dessa segunda-feira, (28/06), um homem de 64 anos ateou fogo na própria esposa, 59, que sofreu queimadura nas pernas, abdômen e na genitália. As informações são do FM Imperial.

Segundo a polícia, o homem estava na porta de casa tranquilamente depois do ocorrido e recebeu voz de prisão. O comandante da Polícia Militar da cidade disse que o homem confessou ter usado cachaça e isqueiro para cometer o crime.

    Reprodução

Segundo a polícia, informações de populares dão conta que não é a primeira vez que ocorre violência doméstica na casa do detido, mas sim, que é a primeira vez que chegou ao conhecimento da polícia. A mulher recebeu os primeiros socorros na Unidade de Pronto Socorro (UPA) e depois foi encaminhada para Pedro II, onde ficará internada no Hospital Municipal Josefina Getirana Neta.

Outro caso de violência doméstica registrado em Milton Brandão ocorreu mais cedo. Um jovem foi detido por agredir a mãe e fazer ameaças à irmã. A polícia foi acionada e efetuou a prisão. Em ambos os casos os agressores estão detidos na delegacia de Polícia Civil de Pedro II para os procedimentos legais.

 

SUA SAÚDE É COISA SÉRIA, MEDICAMENTOS COM PREÇOS E BOM ATENDIMENTO É NA DROGARIA PAJEÚ EM ITAPETIM

 





'Ele nunca sequer levantou a voz para família', diz tio de Lázaro Barbosa

 O tio de Lázaro Barbosa, Jorcilei Sales, acredita que a chacina contra a família Vidal foi encomendada e seu sobrinho recebeu para executar. Isso porque o homem morto pela polícia com pelo menos 38 tiros "era carinhoso, apesar de ser um pouco sistemático" e nunca sequer levantou a voz para família, segundo o tio. As informações são da Record TV.

Lázaro, de 32 anos, fugiu da polícia por 20 dias, pela área rural de Goiás, após ser apontado como responsável pela morte de quatro pessoas da mesma família, em Ceilândia, na região administrativa do Distrito Federal. Ele foi capturado e morto na última segunda-feira (28), próximo à casa da ex-sogra, no município de Águas Lindas, no interior goiano.

Jorcilei atua em trabalhos rurais e diz conhecer "praticamente toda região de Goiás com Distrito Federal", por onde Lázaro teria praticado o crime e fugido da polícia. Graças a esse conhecimento que tem, acredita que Lázaro foi contratado para matar a família Vidal.

"No meu ponto de vista, não tenho testemunho, mas eu acredito que foi um crime encomendado, porque [a área de divisa entre] Brasília e Goiás é um lugar de gente que nao paga a pessoa como deve, e acredito que aquilo não foi da cabeça dele, não", diz Jorcilei.

O tio de Lázaro lembra que, mesmo após terem ficado distantes por conta das rotinas, eles seguiam sendo amigos, e o sobrinho perguntava sobre Jorcilei toda vez que ligava para mãe, além de sempre ter sido respeitoso com toda família.

"Para mim, ele foi e sempre será meu amigo. Se eu te falar que ele já levantou uma voz alta com a gente, eu estou mentindo. Ele era carinhoso, sempre quando vinha em casa, apesar de ser um pouco sistemático, ele beijava no meu rosto, beijava no rosto da tia dele. Nós tínhamos um vínculo muito forte".

Mas Jorcilei destaca que "toda família tem uma ovelha negra", e diz que apesar de nenhum familiar de Lázaro, tanto por parte de mãe como por parte de mãe, nunca ter tido problemas com a polícia, o sobrinho "trouxe um trauma do passado na vida dele, talvez pela sequela da criação que o pai teve com ele".

Jorcilei conta que a família está abalada, porque esperava que Lázaro se entregasse a pagasse pelos crimes que são atribuídos a ele atrás das grades, mas também lamenta pelas possíveis vítimas de Lázaro. O tio também qcredita que, no momento da captura, o sobrinho "revidou e a polícia, que ja estava com muita raiva dele, acabou abatendo a vida".

Fazendeiro preso

Enquanto a polícia ainda buscava por Lázaro na área rural de Goiás, um fazendeiro de 74 anos foi preso, na quinta-feira (24), apontado como facilitador da fuga do homem. Jorcilei afirma que conhece esse idoso que foi preso, pois trabalhou para ele e o considera "um segundo pai".

Jorcilei afirma que trabalhou por dois anos e meio para o fazendeiro, e diz que o idoso não pagava nada pelos serviços, mas quando saiu do emprego, recebeu o que havia combinado pelo tempo de traballho.

O tio de Lázaro diz não saber os motivos para um possível envolvimento do idoso, mas acredita que o fazendeiro é "um homem de bom coração".

Jovens de 20 e 21 anos são presos por matar rapaz e esconder o corpo

Dois jovens, de 20 e 21 anos, acusados de homicídio, sequestro, tortura e ocultação de cadáver foram presos pela Polícia Civil em Primavera do Leste-MT (240 km de Cuiabá). As informações são do O Livre.

    Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre

Investigadores da Divisão de Homicídios conseguiram, com a ajuda da delegacia regional, identificar e prender os suspeitos na segunda-feira (28/06). Um deles estava em um carro que teria sido usado no crime. 

Conforme a Polícia Civil, o exame de perícia realizada no carro e em roupas identificou sangue humano compatível com o da vítima. 

A vítima, Everton Henrique Machado, 28 anos, despareceu no dia 20 de junho, depois de sair para uma festa perto de uma área de lixão em Primavera. Everton teria sido agredido por pessoas na festa e sido levado em um carro para uma casa, onde foi torturado e morto.

O corpo foi desovado na região do Rio das Mortes. A partir da localização do corpo, a Divisão de Homicídios iniciou as investigações e coletou indícios da participação dos dois rapazes presos no crime. 

Empresário é preso por vender x-salada recheado de maconha ao molho de cocaína; vídeo!

 Um empresário identificado como Erick, de 33 anos, foi preso após vender drogas dentro de sua lanchonete. A polícia realizou a abordagem no Campo Dourado, rua Durango, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus (AM). As informções são do CM7.

Uma equipe do 6º Distrito Integrado de Polícia, chamada de “Caçadores do Asfalto”, estava em patrulhamento quando foi abordada por um homem não identificado contando sobre a venda de entorpecentes.

Os agentes da PM foram até  o estabelecimento e tiveram a permissão do proprietário para realizarem a vistoria, após alguns minutos de buscas, a droga foi achada dentro de uma lixeira ao lado da chapa de sanduiches.

Erick ficou extremante nervoso e não soube explicar sobre a origem das entorpecentes, diante dos fatos foi dado voz de prisão e empreendedor do crime foi conduzido ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

MATERIAL APREENDIDO

74 pinos de material supostamente cocaína

51 supostamente pasta base de cocaína

03 trouxinha de supostamente maconha

01 uma balança de precisão

Clique aqui para assistir ao vídeo!