.

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Em Teixeira, PM intercepta quadrilha suspeita de atacar bancos na região

Fotos via whatsapp
A Polícia Militar interceptou uma quadrilha, no início da madrugada desta segunda-feira (15), na cidade de Teixeira, e apreendeu todo o material que o bando estava transportando para possivelmente atacar bancos no Sertão da Paraíba, esta semana.
Até agora, três pessoas foram detidas, duas no ato da ocorrência e outra pela manhã, a PM continua as buscas na região para prender um quarto envolvido que esta no veículo e que conseguiu fugir. A identificação deles ainda está sendo confirmada.
A ação policial, realizada pela 4ª Companhia do 3º Batalhão, começou pouco depois da meia noite. Um veículo que vinha na PB-110, na região de Teixeira, não obedeceu a ordem de parada dada pela PM e teve início uma perseguição. O grupo criminoso acabou perdendo o controle do carro e bateu em uma pedra.
Até agora, foram apreendidas vinte e cinco bananas de dinamite, fuzil, duas submetralhadoras, pistola, carregadores, quase seiscentas munições de armas de grosso calibre, várias espoletas, cinco coletes balísticos, touca ninja, lanternas de cabeça, motosserra, lixadeiras, alicate grande, discos de corte, um rádio comunicador e outros materiais usados por quadrilhas que atacam bancos.
pm.pb.gov.br
via: folha patoense









Homem agride a companheira grávida e leva uma cadeirada

Um casal foi preso na noite desse domingo (14) após uma briga em que ambos acabaram se agredindo. Conforme o boletim de ocorrência, o homem, de 26 anos, agrediu a mulher, de 29 anos, que está grávida. Ela, para se defender, deu uma cadeirada no companheiro, causando um sangramento nele.
O caso aconteceu no Bairro Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 20h15.
O casal mora junto há três meses e, nesse domingo, passou o dia em uma confraternização. Segundo o relato da mulher, ao chegar em casa o companheiro ficou agressivo, agarrou-a pelo pescoço e lhe deu socos e empurrões.
Em seguida, ele ainda teria pegado o celular da companheira sem o consentimento dela e arremessado na parede, danificando-o. Ela afirmou ter tentado sair da casa para pedir socorro, mas o marido não teria deixado, impedindo-a com novas agressões.
Para se defender, a mulher disse que pegou uma cadeira e arremessou contra o companheiro, causando-lhe um sangramento próximo à orelha esquerda.
O suspeito justificou sua ira aos policiais dizendo ter encontrado conversas da companheira com o ex-marido, que apontavam indícios de que ela o estaria traindo e que, por isso, iniciou a briga.
O homem precisou ser encaminhado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, onde recebeu atendimento médico devido ao corte causado pela cadeira. Assim que teve alta, ele foi encaminhado junto à mulher para a delegacia, ficando os dois com escoriações pelo corpo.
Fonte: O Livre

'Se é criticado, é sinal de que é a pessoa certa', diz Bolsonaro sobre filho em embaixada

                                                                           (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil)
O presidente da República, Jair Bolsonaro, caminhou a pé, mais uma vez, do Palácio do Planalto à Câmara dos Deputados. Pela terceira vez em pouco mais de um mês, Bolsonaro visita a Casa para participar de solenidades. Desta vez, em homenagem ao Comando de Operações Especiais do Exército, onde disse que o filho, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), é a “pessoa certa” para assumir embaixada nos Estados Unidos.

“Pela função que ocupo, às vezes tenho que me calar. Tem uma passagem bíblica que fala disso: “hora de falar, hora de calar”. Mas às vezes queria vir aqui para dizer o que sinto (...) Essa indicação de um filho meu para a embaixada nos Estados Unidos (...) Tão criticado pela mídia. Se é criticado, é sinal de que é a pessoa certa”, disse Bolsonaro.

O presidente disse que as Forças Armadas são compostas por pessoas dispostas a proteger a democracia com sua vida. “Feliz é a nação que tem Forças Armadas e Auxiliares comprometidas com a democracia e com a liberdade. Mesmo com a destruição da vida e da própria reputação. É o preço que se paga para que o povo tenha sua vida prometida”.

No fim do discurso, Bolsonaro cumprimentou nominalmente alguns ministros militares, como o general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI); General Ramos, ministro-chefe da Secretaria de Governo; major Jorge Antônio, da Secretaria-Geral da Presidência da República; e André Mendonça, da Advocacia-Geral da União (AGU), a quem chamou de “um ministro terrivelmente evangélico”, emendando, ao plenário: “assim como somos terrivelmente patriotas”.

Bolsonaro voltou a dizer que as ministras Tereza Cristina, da Agricultura, e Damares Alves, dos Direitos Humanos, “são duas, mas valem por 10. E nenhum ministro discorda quando eu falo isso”. O único parlamentar citado nominalmente pelo presidente (além do líder do governo na Câmara, deputado major Vitor Hugo, que teve a iniciativa de promover a solenidade desta segunda), foi Marcos Feliciano (PSC/SP). “Em nome do qual, cumprimento os demais parlamentares”, afirmou o presidente.

Agenda

Semana passada, Jair Bolsonaro esteve na Câmara para um culto evangélico. No fim de maio, o presidente chegou de surpresa e acompanhou uma sessão que homenageava o humorista Carlos Alberto de Nóbrega. Nesta segunda, Bolsonaro atravessou a pé o trecho que separa o Palácio do Planalto da Câmara dos Deputados, cerca de 300 metros.

Normalmente, políticos (especialmente presidentes) fazem o trajeto de carro. Um dos exemplos é a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), e o ministro Onyx Lorenzoni, da Casa Civil. É a segunda vez que Bolsonaro vai a pé para a casa legislativa, acompanhado de seguranças, assessores e ministros.

Semana passada, em meio à expectativa de votação da reforma da Previdência, Bolsonaro foi à Câmara novamente participar de culto evangélico. Depois, acompanhou sessão solene em plenário para a comemoração de 42 anos da Igreja Universal.

LUTADORES DE TABIRA FAZEM BONITO NA 2ª ETAPA DO CAMPEONATO PERNAMBUCO JIU JITSU EM SERRA TALHADA

Na manhã deste domingo (14), foi realizado na cidade de serra talhada, a segunda etapa do campeonato pernambucano de jiu jitsu,
onde os atletas tabirenses fizeram bonito e representaram bem nossa cidade.
Onde o lutador Ricardo Siqueira, ficou na segunda colocação na categoria faixa branca meio pesado, a sua companheira e também lutadora Maria de Fátima, conquistou o terceiro lugar na categoria faixa branca feminino pena. Já o lutador Rodrigo Palmeira, que lutou em uma categoria diferente da sua, a categoria pesadíssima master1 azul, lutou bem e levou a segunda colocação, tendo o lutador Jorge Palmeira conquistado a terceira colocação na categoria pesadíssima master.
Ricardo e Maria de Fátima, foram patrocinados pela moto peças 2 irmãos, na pessoa de Oberto Ferreira, a qual os atletas agradecem pelo apoio.









Ciclista morre após ser atropelado na PE-280 em Sertânia

O atropelamento foi registrado na manhã deste domingo (14), na PE-280, em Sertânia, no Sertão de Pernambuco.

Ciclista morre após ser atropelado na PE-280 em Sertânia
O ciclista Eroleide de Souza, de 52 anos, não resistiu e acabou falecendo no local. — Foto: Reprodução/ Facebook
A vítima foi identificada como Eroleide de Souza, de 52 anos, mais era popularmente conhecido por "Thundercat", o acidente aconteceu na manhã deste domingo, por volta das 05h30, o Instituto de Criminalística (IC) esteve no local e o corpo só foi retirado por volta das 09h00. 
Segundo testemunhas a vítima foi atropelada e arrastada por cerca de 100 metros,o corpo ficou jogado no meio da rodovia, um pedaço da bicicleta ainda foi arrastado por cerca de 300 metros.
O condutor do veículo fugiu do local sem prestar socorro, o carro foi abandonado cerca de 7km de distância do local do atropelamento. O motorista - ainda não identificado - abandonou o veículo após o pneu estourar.
  • Fotos: Reprodução/ Eduardo Azevedo/ Mídia em Ação

    Confira o vídeo gravado no local do acidente

    Fonte: Mídia em Ação - Informações atualizadas às 10h02

    Quatro pessoas da mesma família são encontradas mortas em apartamento em Santo André

    uma das hipóteses investigadas pela Polícia Civil é de que as vítimas tenham morrido intoxicadas por monóxido de carbono após um vazamento no sistema de gás do chuveiro. / Google Maps
    uma das hipóteses investigadas pela Polícia Civil é de que as vítimas tenham morrido intoxicadas por monóxido de carbono após um vazamento no sistema de gás do chuveiro. - Google Maps
    Estadão Conteúdo

    Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas na manhã deste domingo, 14, em um apartamento em Santo André, na região metropolitana de São Paulo.
    Segundo informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada às 12h02 para uma ocorrência de morte suspeita na Rua Haddock Lobo, na Vila Bastos.
    Ao chegar ao local, os policiais encontraram os corpos de um casal, de uma criança de quatro anos e de uma adolescente de 14 anos, filhas dos adultos. Nenhum deles tinha sinal de violência
    Por causa disso, uma das hipóteses investigadas pela Polícia Civil é de que as vítimas tenham morrido intoxicadas por monóxido de carbono após um vazamento no sistema de gás do chuveiro.
    O caso foi encaminhado para o 1º DP de Santo André, onde será investigado. Em entrevista a jornalistas, o delegado responsável pelo caso, Roberto Von Haydin, afirmou que o sistema de gás não tinha chaminé e que o apartamento estava todo fechado.


    Ele disse ainda que a família havia voltado de uma viagem a Disney na sexta-feira e que nem havia desfeito as malas. Pelo estado dos corpos, Von Haydin disse acreditar que as mortes tenham ocorrido de sexta para sábado.
    Os corpos foram encontrados pela irmã de uma das vítimas, que morava no mesmo prédio e estranhou a falta de notícias dos parentes. A mulher estava no box do chuveiro, a criança deitada no colo do pai no sofá e a adolescente deitada em uma beliche.

    Outro caso


    Na última terça, 9, um casal e uma criança de dois anos foram encontrados mortos em uma casa em Guarulhos, também na Grande São Paulo, ao lado de uma churrasqueira.
    A polícia acredita que o casal tenha usado a churrasqueira para aquecer o local, mas tenha faltado oxigênio e eles, então, morreram asfixiados após inalarem fumaça.

    MULHER É DETIDA APÓS INVADIR A CASA DA MÃE DANIFICAR VÁRIOS OBJETOS E ENTRAR EM VIAS DE FATOS EM IGUARACY

    A GT ordinária recebeu uma denúncia de que no Bairro da Cohab, Iguaracy-PE., estaria ocorrendo uma confusão, o policiamento se dirigiu até o local e constatou que a acusada S. A. T., 25 anos, casada adentrou na residência de sua genitora a vítima I. A. T., 58 anos, casada, agricultora, arrebentou a porta, atirou pedras, danificou alguns móveis, entrou em via de fatos lesionando algumas partes de sua genitora. A acusada portava uma arma branca, a mesma foi contida pela testemunha. A guarnição chegou no momento em que a acusada se encontrava no local das vias de fatos. A mesma foi conduzida até a DP local de Iguaracy juntamente com todos os envolvidos. Onde a mesma irá responder a um TCO.

    domingo, 14 de julho de 2019

    COLISÃO ENTRE CARRO E MOTO DEIXA AGRICULTOR FERIDO NA PE-320 EM CARNAÍBA

    A GT de Carnaíba foi acionada pela Central de Operações, para dar apoio a um acidente de trânsito envolvendo um carro e uma motocicleta na PE 320, próximo a entrada do Sítio Riacho do Peixe, zona rural, Carnaíba-PE.
    Chegando ao local, o envolvido S. P. R. C., idade e estado civil N/I, protético que conduzia o carro relatou ao policiamento que a vítima estava pilotando uma motocicleta na contra mão em direção da PE-320, quando se deparou com o mesmo e não pode evitar o choque, pois chovia no momento e estava muito escuro, não conseguindo frear o seu veículo com precisão, uma vez que derrapou na pista e bateu na traseira da motocicleta, vindo a vítima E. C. da S., 24 anos, estado civil N/I, agricultor a cair desta. Sendo assim prestou o socorro à vítima, conduzindo-a ao hospital local e prestando toda assistência necessária, desde o momento do acidente até os procedimentos médicos. Diante dos fatos a vítima foi transferida para o Hospital Regional Emília Câmara em Afogados da Ingazeira-PE, dando ciências aos familiares da vítima do ocorrido, os quais guardaram a motocicleta. Sendo a ocorrência, repassada à disposição da DP, para serem tomadas as medidas cabíveis, onde será instaurado um Inquérito Policial.

    MOTO COM QUEIXA DE ROUBO EM TABIRA É LOCALIZADA EM BAIRRO DE AFOGADOS

    A GT ao realizar rondas foi solicitada pela testemunha que é irmã da vítima M. C. B., 33 anos, casada, agricultora, para o Bairro São Sebastião, Afogados da Ingazeira-PE, pois encontrava a motocicleta Honda /C 100 BIZ ES ano 2094 ,placa KHS 8182 de cor Preta, que foi furtada no dia 10/07/2019 pelo acusado A. A. S., 37 anos, casado, profissão N/I, seu ex-marido, na Cidade de Tabira PE. A referida motocicleta encontrava-se com o senhor J. S. S. que teria comprado do acusado no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais). A vítima relatou que o acusado aproveitou o momento em que ela não se encontrava em sua residência e subtraiu sua motocicleta, e após ter praticado tal ato viajou com destino ignorado. Diante dos fatos, as partes envolvidas foram conduzidos para DPC local juntamente com a referida motocicleta, onde será instaurado um inquérito por portaria para averiguação dos fatos.

    JOVEM DE 23 ANOS FICA GRAVEMENTE FERIDO EM ACIDENTE NA CIDADE DE TABIRA

    A GT de Solidão, quando de retorno do povoado da Borborema onde realizava o policiamento nas festividades, se deparou-se com um acidente de trânsito na PE-304, saída para Água Branca. Ao averiguar o ocorrido o policiamento constatou que o condutor F. J. R. S. A., 23 anos, solteiro, agricultor do veículo VW/Gol CL, cor branca, ano 1990, placa KGR 5954, ao transitar no sentido entre Água Branca PB e Tabira - PE, colidiu com o Pilar de sustentação do portal de entrada da cidade, o qual ficou lesionado. A equipe de Resgate da Guarda Municipal realizou o socorro e conduziu a vítima, que estava desacordada, para o hospital local, onde foi posteriormente encaminhada para o hospital Regional de Caruaru, tendo em vista que a mesma não possuía nenhum documento. Diante do fato, a ocorrência foi registrada na DP local para serem tomadas as medidas cabíveis, onde foi instaurado um inquérito.

    JOVEM É DETIDO APÓS DISCUTIR COM AVÓ E FAMILIARES NA ZONA RURAL DE AFOGADOS

    A Patrulha Rural foi acionada pela Central de Rádio para averiguar uma perturbação de sossego e embriaguez na Zona Rural, s/n, Afogados da Ingazeira-PE. Chegando ao local, o acusado J. L. A. S., 20 anos, amasiado, agricultor havia discutido com a vítima J. R. S., 74 anos, casado, agricultor (avó) e com familiares após ingerir bebida alcoólica. Diante do fato a ocorrência foi registrada e repassada a DP local, onde foi lavrado um TCO em desfavor do acusado.

    ''Fiquem tranquilos, está tudo bem'', diz padre Marcelo Rossi após agressão

    (foto: Reprodução/Internet)

    Após ter sido empurrado do palco por uma mulher durante um evento da Canção Nova na Cachoeira Paulista, neste domingo (14/7), o padre Marcelo Rossi confirmou que estava bem, apesar do ocorrido. 

    Em vídeo publicado no canal do Youtube da Canção Nova, o padre aparece para dar uma mensagem aos fiéis.  "Fiquem tranquilos, está tudo bem. Só umas dores, isso é normal. Não quebrou nada. Amém", disse. 
    Por meio de nota, a comunidade católica disse lamentar o incidente ocorrido durante a missa, e garantiu que o padre foi "atendido pela equipe médica do evento e presidiu a celebração até o fim". 

    O padre Marcelo participava do encerramento do Acampamento PHN (Por Hoje Não, por hoje não vou mais pecar), na sede da comunidade quando uma mulher o empurrou do palco. O vídeo foi compartilhado nas redes sociais. 
    "Glória a Deus, Maria passou na frente e pisou na cabeça da serpente... Só umas dorezinhas, isso ai é normal, não quebrou nada, normal", afirmou. Veja o vídeo:
    O padre Marcelo Rossi foi atacado por uma mulher e jogado de cima do altar enquanto celebrava uma missa em São Paulo neste domingo (14/07).
    O padre realizava a homilia na missa de encerramento do acampamento PHN (Por hoje não vou mais pecar), para jovens católicos, quando uma mulher surgiu no altar e o empurrou.
    O evento era transmitido ao vivo para a internet e o público ficou apavorado com a cena. Segundo o 180 apurou, o padre foi examinado, mas não sofreu ferimentos graves. Ele continuou a celebração apesar do susto.
    A mulher e 40 anos que o empurrou sofre de transtornos mentais e receberá atendimento. Contra ela não foi registrada denúncia.
    Confira o vídeo:


    Fonte: Correio Braziliense

    Nomofobia: quando o uso da internet se torna doença


                                                               (Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)
    Como você reage quando não está perto do celular? Ou, quem sabe, se precisa passar horas em um local que não possui conexão com a internet? Cuidado. Se a ansiedade bater, pode ser que você esteja sofrendo de nomofobia (do inglês No Mobile Phone Phobia). É o que explica ao LIVRE o psiquiatra Carlos Renato Periotto.
    De acordo com o profissional, o fenômeno ainda é recente, mas deve ser identificado com mais frequência nos próximos anos, devido aos consequentes avanços das tecnologias. No entanto, é preciso entender que não é o tempo que você passa em frente ao computador ou celular que te classifica com a patologia.
    Periotto destaca que, geralmente, a patologia é identificada em quem já tem uma doença-base, como ansiedade, crises de pânico e transtorno obsessivo compulsivo. Além disso, o comportamento nocivo não tem um perfil exato. Ou seja, engana-se quem pensa que apenas os mais jovens estão suscetíveis ao vício. Contudo, por ser a faixa etária que mais está conectada, a atenção sobre ela deve ser redobrada.
    “Muitas pessoas usam a internet como ferramenta de trabalho durante mais de oito horas do seu dia. Só que depois ela sai, vai para o mercado, e não tem ansiedade por estar desconectada. Isso seria um uso significativo, mas sem a classe patológica”, destaca.
    O primeiro passo para identificar se o uso da internet está se tornando uma doença é a observação do comportamento. Depois, o psiquiatra pondera que é preciso ter bom-senso quanto ao uso dos aparelhos eletrônicos.
    “Ele precisa saber dosar, principalmente dos jovens. Mas passar a perceber qual é o momento de desligar aquele aparelho. E se notar que sofre, realmente, quando há a falta do celular, procurar um psicólogo ou psiquiatra”, aponta.
    Questionado, o psiquiatra disse discordar que haveria uma “pressão” da sociedade pela “vida online”. O profissional revela que, na realidade, o vício no uso do celular acontece devido a uma “autorrecompensa”.
    Ele explica: “Essa pessoa começa a usar o celular como uma ferramenta principal de vida, e quando se vê ausente dessa ferramenta, ela começa a ficar muito ansiosa, inquieta”.

    Milhares de pessoas se reúnem na Esplanada para a 22ª Parada do Orgulho LGBTQI

                                                                                 (foto: Ana Rayssa/Esp. CB./D.A. Press)
    Milhares de pessoas se reúnem na Esplanada dos Ministérios na tarde deste domingo (14/7) para a Parada do Orgulho LGBTQI. Na 22ª edição, o evento deste ano celebra dois movimentos históricos na luta pelos direitos da comunidade.

    O tema faz referência aos 50 anos de Stonewall e os 40 anos do Beijo Livre, primeira organização LGBT de Brasília. Stonewall era um bar nova-iorquino, reduto da população LGBT, que, em 1969, foi alvo de agressiva batida policial, sob a alegação de venda ilegal de bebida alcóolica. 

    Funcionários e clientes do local foram presos. À época, a homossexualidade ainda era crime no estado de Nova York. A repressão gerou protestos e manifestações, que são consideradas as primeiras paradas gays do mundo.
      
    “Estamos fazendo um resgate da nossa memória. As conquistas não foram à toa. Com essa recuperação, estamos mostrando nosso orgulho e a resistência que a gente precisa ter para permanecer vivo em um dos países que mais matam LGBT no mundo”, explica Michel Platini, um dos organizadores do evento. 

    Para os participantes, o evento é uma forma de combater o preconceito. "Estamos aqui para mostrar que a comunidade LGBTQI existe e não vai ficar calada", destaca a estudante Erika Albuquerque, 23 anos. 
     
    Ano passado, o movimento reuniu cerca de 70 mil pessoas, de acordo com os organizadores. "A parada ajuda o movimento ter mais visibilidade e ao conhecê-lo muitas pessoas que tinham preconceito passam a ter uma outra ideia", comenta a balconista Yohanna Barbosa, 19. 
     
    Platini destaca a importância da parada para a comunidade LGBTQI do DF. “Somos um dos maiores eventos de rua do DF. É o encontro que mais reúne LGBTs na capital do Brasil. Estamos aqui para mostrar a força da comunidade LGBT, que pede cidadania, direitos humanos, respeito”, diz.

    Fonte: Correio Braziliense

    Sargento da PM reage a assalto e é morto a tiros no Bairro Siqueira

    Arquivo Pessoal

    Um sargento da Polícia Militar reagiu a um assalto e foi morto a tiros quando voltava para casa, na Estrada do Jatobá, no Bairro Siqueira, por volta das 3h deste domingo (14). O agente, identificado como Alveni da Silva, 49 anos, trafegava em uma motocicleta e foi abordado por 4 criminosos.
    O sobrinho da vítima relatou que o policial estava muito feliz porque ia ser promovido a subtenente no final do ano. "Ele era alegre e muito trabalhador. Os bandidos levaram a arma e a vida dele", lamentou o familiar. 
    Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que o sargento foi surpreendido por quatro homens em um veículo. O sargento reagiu à ação e foi atingido por dois tiros, um na cabeça e outro no abdômen. 
    Equipes da Polícia Militar e da 11ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) realizam buscas na tentativa de capturar os suspeitos do crime.
    Carreira

    O policial ingressou em outubro de 1993 na Polícia Militar e atualmente estava trabalhando na 1ª Companhia do Batalhão de Policiamento de Guarda Externa de Presídios (BPGEP). 

    Fonte: Diário do Nordeste

    Vídeo: Padre Marcelo Rossi é atacado e cai do altar durante missa

    O padre Marcelo Rossi foi atacado por uma mulher e jogado de cima do altar enquanto celebrava uma missa em São Paulo neste domingo (14/07).
    O padre realizava a homilia na missa de encerramento do acampamento PHN (Por hoje não vou mais pecar), para jovens católicos, quando uma mulher surgiu no altar e o empurrou.
    O evento era transmitido ao vivo para a internet e o público ficou apavorado com a cena. Segundo o 180 apurou, o padre foi examinado, mas não sofreu ferimentos graves.
    A mulher não foi identificada e o caso é apurado.
    Confira o vídeo:


    Fonte: O Livre 

    Criança com deficiência é humilhada em mercado e mãe denuncia à polícia

    Foto: Ilustração/ Pixabay

    Uma mãe registrou um boletim de ocorrência nessa quinta-feira (11) afirmando que sua filha de seis anos, portadora de necessidades especiais, foi humilhada em um mercado no Bairro São Sebastião II, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá), chegando a ser expulsa do local.
    Segundo o relato da mãe, por ser especial, sempre que pega algo nas mãos a menina deixa cair no chão. Nessa quinta-feira (11), por volta das 07h30, a criança foi ao mercado com a mãe e deixou um pote de creme de cabelo cair.
    A mãe logo pegou o creme para fechar e pagar por ele. Porém, para a surpresa dela, a proprietária do mercado foi até às duas e ordenou que fossem embora e não voltassem mais no estabelecimento.
    Enquanto expulsava a mãe e a criança, a mulher xingou a menina de retardada. A ação da proprietária causou uma crise na criança, que preciso tomar remédios, além do habitual, até que fosse acalmada.
    Por fim, a mãe ainda contou que o pai da dona do mercado, que era frequentado sempre por ela e pela filha, oferece dinheiro para que ela permita que ele saia com a menina, de apenas seis anos.
    O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis, sendo a dona do mercado acusada de difamação e o pai dela de aliciar, assediar, instigar ou constranger, por qualquer meio de comunicação, criança, com o fim de com ela praticar ato libidinoso.