terça-feira, 30 de maio de 2017

Sobe para 44,8 mil o número de desabrigados e desalojados por causa de enchentes em PE.

Pernambuco tem três mortos e dois desaparecidos por causa da chuva

A Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) informou, no início da noite desta segunda-feira (29), que subiu o número de pessoas afetadas pelas enchentes que atingiram 23
 cidades no interior. São 44.801 moradores: 42.145 desalojados, que deixaram as residências, 
e 2.656 desabrigados, que perderam as casas. Até esta segunda de manhã, o número de 
pessoas afetadas pelas enchentes era de cerca de 30 mil. (Veja vídeo acima).
No Nordeste, outras cidades foram castigadas pelas chuvas. Ao todo, foram sete mortos em
 acidentes com barreiras, sendo cinco em Alagoas e dois em Pernambuco, e mais de 48 mil
 pessoas sem habitação nos dois estados. Pernambuco e Alagoas tiveram 41 municípios afetados.
Em Alagoas, 3.204 pessoas estão desabrigadas ou desalojadas em 18 municípios, segundo a
 nesta segunda. Na Paraíba, as precipitaçãoes causaram transtornos. De acordo com a meteorologia, 64 cidades paraibanas encontram-se em zona de risco de alagamentos e deslizamentos de barreiras, segundo o Inmet.

Pernambuco

De acordo com o governo de Pernambuco, 15 cidades estão incluídas no decreto de
 calamidade pública, publicado no domingo (28). A população dessas áreas chega a 
787.245 mil habitantes. Os municípios são: Rio Formoso, Ribeirão, Água Preta, Palmares, 
Catende, Maraial, Belém de Maria, Barreiros, Amaraji, Barra de Guabiraba, São Benedito do Sul, Cortês, Jaqueira, Gameleira e Caruaru. Segundo a Codecipe, a situação mais grave é de 
Rio Formoso e Belém de Maria. Fonte: G1 


Nenhum comentário:

Postar um comentário