.

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Em Pernambuco: Pai mata bebê por não aceitar fato de ela ter nascido menina

Um homem foi preso em fragrante por espancar um bebê até a morte, na sexta-feira (17/05/2019). O crime ocorreu em São Lourenço da mata, em Recife, Pernambuco e, segundo o Conselho Tutelar da cidade, a mãe da vítima contou que o marido assassinou a filha por não aceitar o fato de a criança ter nascido menina. As informações são do G1.
Augusto Silva da Cruz, 23 anos, foi levado para a delegacia da cidade pelo crime de homicídio. A filha dele, Débora Maria Sales da Silva tinha 5 meses de idade. Ela já havia sido agredida em fevereiro deste ano.
“Agora não se pode nem nascer mulher”, declarou Ana Lúcia Soares ao G1. Ela acompanhou o caso pelo Conselho Tutelar de São Lourenço. “Por causa desse discurso de ódio, as pessoas acham que podem resolver tudo batendo, espancando e matando. É chocante”, completou.
Segundo Ana Lúcia, a mãe também era vítima de violência doméstica.
Edição: Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário