sexta-feira, 29 de março de 2019

Luz da Infância: operação já conta com 126 presos e 266 mandados de busca e apreensão cumpridos

Foto: Agência Brasil

A operação contra o abuso e exploração sexual de crianças deflagrada na manhã desta quinta-feira (28) rendeu números impressionantes. Coordenada pelo Ministério de Justiça e Segurança Pública, a ação que ocorreu em 26 estados e Distrito Federal.
Foram empreendidos aproximadamente 1.500 policiais e já são mais de suspeitos 126 presos, 266 mandados de busca e apreensão. O ministro Sergio Moro disse: “A gente manda um recado claro: este tipo de crime não pode ser tolerado”, disse Moro. “Esse tipo de crime merece o repúdio e a atenção específica das autoridades policiais e do ministério da Justiça e Segurança Pública”, acrescentou o ministro.
Com os suspeitos foi encontrado vasto material de conteúdo relacionado com a pedofilia. Na cidade de Guanambi, na Bahia, um técnico de informática foi apreendido com mais de mil vídeos pornográficos com crianças. Os suspeitos foram identificados após uma varredura na internet feita por técnicos do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas
Houve também colaboração da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, por meio da Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega, em Brasília, que ofereceu cursos e capacitações que subsidiaram as quatro fases da operação.
“O conteúdo com indícios suficientes de autoria e materialidade delitiva foi repassado às polícias civis -em especial, delegacias de proteção à criança e ao adolescente e de repressão a crimes informáticos. Por sua vez, as delegacias instauraram inquéritos policiais e solicitaram ao Poder Judiciário a expedição dos mandados de busca e apreensão”, informou o ministério por meio de nota.
CONFIRA AS FASES DA OPERAÇÃO:

Luz na Infância 1
Quando: 20.out.2017
Mandados de busca: 157
Prisões: 108
Luz na Infância 2
Quando: 17.mai.2018
Mandados de busca: 579
Prisões: 251
Luz na Infância 3
Quando: 22.nov.2018
Mandados de busca: 110 (Brasil e Argentina)
Prisões: 46

O QUE DIZ O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE:

Produzir, reproduzir ou dirigir cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente Art. 240
Pena: 4 a 8 anos de prisão e multa
Vender ou expor à venda esse tipo de registro Art. 241
Pena: 4 a 8 anos e multa
Oferecer, trocar ou divulgar esse tipo de registro Art. 241-A
Pena: 3 a 6 anos e multa
Adquirir ou arma-zenar esse tipo de registro Art. 241-B
Pena: 1 a 4 anos e multa

Fonte: Redação VN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Trágico acidente tira a vida de Nogueirinha na estrada de Tabira (PE-320) na tarde deste sábado.

  O iguaraciense José Nogueira Filho, conhecido por Nogueirinha, perdeu a vida em um trágico acidente na PE-320 que liga Afogados da Ingazei...